Azeite de Oliva: 7 erros que deve evitar!

Azeite de Oliva: 7 erros que deve evitar!

Azeite de Oliva! Não deve faltar na sua cozinha. 

Azeite de Oliva: Todos nós sabemos que é uma das 7 maravilhas da cozinha! Contém antioxidantes e gorduras saudáveis para nosso coração em abundância e, claro, tem um sabor incrível! O Azeite de Oliva Extra Virgem é um dos mais usados nas nossas cozinhas, mas a maioria dos brasileiros não sabe muito sobre ele, por isso vamos listar quais são os 7 erros mais comuns que possivelmente você está cometendo:

Erro #1 com o Azeite de Oliva: Comprar garrafa plástica ou de vidro transparente. 

Os dois maiores inimigos da qualidade do Azeite de Oliva Extra Virgem são oxigênio e luz solar. Ao comprar garrafas plásticas ou de vidro transparente o azeite ficará exposto aos dois elementos e correndo perigo. Uma vez que a luz e ar cheguem ao azeite, ele pode começar a ficar rançoso. Para preservar a qualidade, opte por garrafas de vidro marrom escuro ou verde escuro!

Erro #2: Armazenar perto do calor. 

A exposição ao calor — seja do fogão ou da luz direta por meio de uma janela ensolarada — são também um NÃO-NÃO! Quando o azeite é exposto ao calor, pode produzir polifenóis que degradam e deterioram o sabor. Você deve armazená-lo na sua despensa ou armário, não perto da janela ensolarada ou perto do fogão.

Erro #3: Julgar o azeite por sua cor. 

Os consumidores confundem a cor como indicação de qualidade. A cor é apenas um indicador de quando a azeitona foi colhida e quando o azeite foi pressionado. O Azeite de Oliva Extra Virgem de qualidade pode variar entre um verde vibrante a um suave amarelo dourado, então não descarte um azeite só porque a cor é um pouco diferente do que você estava esperando ou acostumado.

Erro #4: Acreditar que um Azeite de Oliva Extra Virgem serve para tudo. 

Quando você compara os azeites para comprar um, você pega a opção mais barata ou a garrafa mais chique que custa mais do que um tanque de gasolina? O fato é que, a maioria das pessoas escolhem conciliar um meio termo e um tamanho único. Definitivamente há um lugar na sua despensa para um azeite para o dia a dia, a recomendação é escolher um azeite premium com um perfil de sabor mais forte, para quando seja preciso destacá-lo em molhos, saladas caseiras e no topo de alguns pratos como as massas. E para quem gosta das novas linhas de azeites, pode escolher entre os que variam entre o apimentado ao afrutado. Existem azeites para cada objetivo!

Erro #5: Cozinhar em fogo alto. 

Métodos de cozimento de alta temperatura podem destruir os antioxidantes presentes no azeite e alterar seu sabor. Você não deve usar azeite para qualquer método de cozimento que requer temperaturas acima de 180°C. Então podemos refogar legumes e o peixe no azeite mas não fritar nada com ele!

Erro #6: Cozinhar com óleos delicados. 

Azeites de oliva mais delicados — aqueles com sabores mais suaves — não devem ser expostos ao calor para proteger as suas propriedades aromáticas e sabores. Em vez disso, podem usar os azeites como acabamentos para levar os sabores em um prato de massa, bruschetta ou saladas frias.

Erro #7: Muito tempo com um azeite. 

Já comprou uma daquelas jarras de azeite gigantes e guardaram por anos? Nunca mais! A vida na prateleira do Azeite de Oliva Extra Virgem é de cerca de 24 meses, então jogue essas garrafas velhas antes que eles ultrapassem seu período de vida. Um azeite rançoso — que você pode notar por seu sabor obviamente desagradável — perdeu seus benefícios à saúde, assim como seu delicioso sabor.

Aproveite um bom azeite e compartilhe!

Deseja saber seu IMC? Calcule na nossa calculadora!

Deixe seu Comentário!

Você Ganhou!

Acesso Premium aos nossos artigos.
Saúde, Cuidados e Beleza para você do jeito certo!

Parabéns, você assinou nossa newsletter! 

GOSTOU?

Assine nossa Newsletter e fique ligado nas melhores materias sobre Fitness!

Temos mais!

Bons Treinos!