Como a tecnologia ajuda a entender os movimentos humanos

Como a tecnologia ajuda a entender os movimentos humanos

Como a tecnologia ajuda a entender os movimentos humanos

Você já leu na Fitness Magazine Brasil que tanto a flexibilidade muscular quanto a mobilidade articular são capazes de interferir na amplitude de movimento de uma articulação. Mas, você já imaginou como que são feitas as medidas de amplitude de movimento e para que elas servem?

Estas medidas servem para indicar a saúde articular e muscular, mas também têm a função de servir em sistemas de captura e análise de movimento. Estes sistemas são usados tanto para a avaliação de atletas quanto para entretenimento.

Vários consoles de games utilizam os sistemas de captura e análise de movimento para fazer o tracking do movimento do jogador!

No decorrer da história, esses sistemas evoluíram da descrição manuscrita do movimento e medições manuais com instrumentos simples, para sistemas baseados em marcadores e câmeras de infravermelho ou na emissão de sinais por sensores espalhados no corpo da pessoa avaliada.

Atualmente, os sistemas mais modernos, que não precisam de marcadores, têm se difundido principalmente devido aos consoles de games.

O primeiro foi o Nintendo Wii, que possui sensores inerciais e marcadores de infravermelho em seu joystick, permitindo que o console acompanhe o deslocamento do jogador.

Posteriormente, surgiu o Kinect do Xbox. Neste console não há necessidade de joystick e o tracking do jogador é feito por câmeras de infravermelho que avaliam a distância em que ele se encontra do console e quais membros que está deslocando.

No entanto, os consoles de games possuem uma programação inicial de quais os movimentos executados pelo jogador eles “entenderão” como movimento do jogo. Desta forma, o que acaba acontecendo é o videogame te treinar, para que você faça os movimentos que ele é capaz de compreender.

Sistemas de análise e captura de movimento para avaliação de atletas

Como a tecnologia ajuda a entender os movimentos humanos

Os sistemas optoeletrônicos, que inicialmente eram muito caros, hoje estão sendo democratizados. Várias clínicas de Fisioterapia e Medicina Esportiva já possuem sistemas deste tipo. A maioria destes sistemas de menor custo possuem menor complexidade que os utilizados em laboratórios de análise de movimento.

Por isso eles são específicos para a atividade que se quer avaliar, de forma que há sistema optoeletrônico para avaliação da marcha, para o ajuste de bicicletas e até para a avaliação de gestos esportivos realizados pelos membros superiores, como em partidas de tênis e golfe.

Adicionais a estes sistemas de captura e análise de movimento, também pode haver plataformas de força, que fazem o registro de como é a distribuição de peso durante a sua pisada, ajudando a definir qual é o seu tipo correto de tênis ou se você necessita de uma palmilha biomecânica.

Existem diversos meios de avaliar sua saúde articular e alguns são bem específicos para o esporte que você mais pratica. Os sistemas de captura de movimento também estão presentes em videogames e até no sensor de aproximação do seu carro!

Deixe seu Comentário!