Dor no pescoço, pode ser o peso do mundo sobre os seus ombros!

Dor no pescoço, pode ser o peso do mundo sobre os seus ombros!

Dor no pescoço, pode ser o peso do mundo sobre os seus ombros!

Tudo bem, não é o peso do mundo, mas o peso de tudo o que você faz usando o seu ombro de forma errada! Mas, por que isto acontece? Como eu posso melhorar minhas atividades de forma a minimizar a dor no ombro e no pescoço?

O OMBRO

De início, é importante entender que o ombro não é uma articulação. Ele é um complexo articular que envolve três articulações verdadeiras e uma articulação funcional.

Mas, o que é uma articulação funcional? As articulações são formadas por dois ou mais ossos que se conectam. No caso da escapulotorácica, que é a articulação funcional do ombro, a escápula encontra-se solta sobre a região posterior do seu tórax, sendo sustentada por músculos.

As articulações verdadeiras, por sua vez, são a acromioclavicular (responsável por conectar a escápula a clavícula), a esterno clavicular (responsável por fixar a clavícula ao tórax e, indiretamente a escápula também). A última é a glenoumeral, formada entre a escápula e o úmero, que é o osso do braço.

A maioria dos movimentos visíveis do ombro ocorrem na glenoumeral. No entanto, a estabilização da escápula é fundamental para a funcionalidade do ombro.

É exatamente a falta de estabilização da escápula que altera o ritmo escapuloumeral e leva a sobrecarga de vários músculos, causando dor em diferentes pontos.

Mas, o que é ritmo escapuloumeral?

Toda vez que você movimenta o ombro, a escápula se posiciona de forma a permitir uma maior amplitude de movimento da glenoumeral. A esta relação de movimento do ombro dá-se o nome de ritmo escapuloumeral.

Uma das circunstâncias em que este ritmo se altera é quando temos uma síndrome cruzada de ombro. Nela há maior atividade dos músculos responsáveis por elevar e por anteriorizar o ombro e cabeça, levando a protrusão do ombro e de cabeça. Por outro lado, os músculos responsáveis pelo controle posterior da escápula encontram-se fracos.

DOR NO PESCOÇO

Entre os músculos que estão com maior atividade, destaca-se o trapézio em sua porção superior. Este músculo, quando hiperativo, torna-se foco de nódulos e de dor, que pode referir para todo o pescoço, parecendo que o mundo está sob suas costas! Além disso, a protrusão de ombro está associada à síndrome do impacto, lesão bastante comum nos ombros.

COMO RESOLVER ESTE PROBLEMA?

Converse com o seu Treinador ou Fisioterapeuta de referência, ele é capaz de estabelecer um programa de treinamento de força e flexibilidade para esta musculatura do ombro, tornando-a capaz de melhorar a estabilização de sua escápula e eliminado a dor.

Lembre-se sempre que o único tratamento que não tem efeito é ficar parado!

Deixe seu Comentário!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

Assine nossa newsletter e receba nossos artigos gratuitamente

GARANTIA: Seus dados estão seguros! Nunca enviaremos spam nem compartilharemos seus dados.