Saiba como hackear seu cérebro para potencializar seu desempenho!

Saiba como hackear seu cérebro para potencializar seu desempenho!

Saiba como hackear seu cérebro para potencializar seu desempenho!

Você já leu em nossas edições anteriores sobre os mecanismos relacionados ao cansaço, ou seja, a fadiga. Também já acompanhou nossos textos sobre dor. Se já escrevemos sobre estes assuntos, por que devo ler este texto?

Novos estudos têm trabalhado a influência dos mecanismos de fadiga e dor sobre a prática e o desempenho esportivo. Os resultados têm indicado que estes dois fatores fazem com que o seu cérebro determine um limite que é inferior aos seus potenciais fisiológicos!

É possível treinar o meu cérebro para estabelecer novos limites para o meu corpo? A resposta é SIM!

Acompanhe neste artigo da Fitness Magazine Brasil como “hackear” seu cérebro pata potencializar seu desempenho.

MELHOR MOMENTO PARA TREINAR COM O MÁXIMO DE ENERGIA

O efeito da fadiga sobre nosso corpo é bastante estudado, hoje sabe-se que ela implica em uma diminuição transitória de nossa capacidade fisiológica.

Sobre a prática de exercícios, observou-se que pessoas que se exercitam após 90 minutos de atividade cognitiva intensa chegam a exaustão antes do que pessoas que assistiram documentários na televisão.

Faça seus exercícios antes de um trabalho mentalmente extenuante. O ideal é nos exercitarmos antes do trabalho ou estudos. O cansaço mental afeta o seu desempenho físico!

E se o meu trabalho for fisicamente pesado? Neste caso, você deverá conversar com os eu treinador de forma a estabelecer um ritmo de treinamento que seja compatível com as suas atividades laborais.

SUCO DE BETERRABA AUMENTA SEU DESEMPENHO FÍSICO!

POSSO TREINAR SENTINDO DOR?

Hoje sabe-se que, durante um episódio de dor, o repouso e o afastamento de suas atividades físicas deve ser restrito ao menor tempo possível. Você não precisa se abster totalmente de seu treino!

Converse com o seu treinador de forma a adaptá-lo, excluindo os movimentos ou as amplitudes que causam os sintomas!

Tanto a dor como a fadiga tem fortes componentes afetivos, é importante que você desenvolva estratégias que te mantenham motivado. Com isto, gradativamente os sintomas aliviarão e você realmente poderá chegar ao seu verdadeiro limite fisiológico.

O exercício ainda é a melhor forma de manter-se longe da dor e da fadiga crônica, logo, movimente-se!

Deixe seu Comentário!

Você quer uma vida mais saudável?

NÓS TE AJUDAMOS!

EU QUERO!

Eu não quero...

Receba nossos artigos e dicas de saúde grátis!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER 

AGRADECEMOS POR ASSINAR!

JUNTOS POR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

Assine nossa newsletter e receba nossos artigos gratuitamente

GARANTIA: Seus dados estão seguros! Nunca enviaremos spam nem compartilharemos seus dados.