Forte ou Musculoso. Qual é a Diferença?

Forte ou Musculoso. Qual é a Diferença?

Atualizado em 17/janeiro, 2017

Forte ou Musculoso. Qual é a diferença?

Você resolveu se matricular em uma academia, vai praticar musculação e pinta a dúvida quanto ao seu objetivo: vou ficar grande ou vou ficar forte? Há diferenças? Músculos definidos me deixarão forte? Porque os homens mais fortes do mundo não tem músculos tão definidos?

Qual o problema de querer atingir os dois objetivos? Estes dois são parcialmente excludentes, mas você pode conseguir bons resultados envolvendo estas duas qualidades físicas se valendo da intensidade do treinamento.

A Fitness Magazine vai te explicar como!

Forte ou Musculoso. Qual é a diferença 2

Primeiramente, entenda que o resultado, seja ele qual for, só é obtido através de dedicação que envolve uma frequência mínima de três vezes por semana. Outro ponto importante é saber que a quantidade de força produzida depende em muito do recrutamento de fibras musculares durante o exercício, por isto que a ação do sistema nervoso central (SNC) é muito importante. Com isto em mente, você pode variar o treino de três formas.

Treino com muitas repetições (oito a doze) e carga submáxima. Este é o preferencial para hipertrofia e a sua base fisiológica considera que um músculo hipertrofiado possui maior quantidade de proteínas contráteis e, por consequência, maior capacidade de produção de força.

Este treino é indicado para variar a ativação e resposta do SNC, sendo comumente utilizado por atletas em período não competitivo para manter a massa muscular.

Treino com 90% da carga máxima executando de uma a seis repetições. Este é o treinamento clássico para ganho de força muscular. O objetivo é aumentar o recrutamento de fibras musculares pelo SNC.

Atletas costumam valer-se deste método nas semanas que antecedem o período de competição.

Treino de uma repetição com 50 a 80% da carga máxima e alta velocidade de execução. O objetivo é condicionar o SNC a recrutar todas as fibras musculares possíveis durante a execução do movimento. A alta velocidade implica em um movimento acelerado e, por consequência, na produção de mais força.

Uma adaptação que você pode fazer com base neste método, para ganhar mais força enquanto obtém hipertrofia, é aumentar a velocidade de execução das primeiras repetições de sua série de exercícios.

Qualquer um dos métodos escolhidos implicará no ganho de força muscular e de hipertrofia, embora seja evidente que o resultado será melhor de acordo com a especificidade do treino escolhido. Variar a velocidade de execução das repetições de uma série é a forma mais simples de aumentar a força muscular ao longo de uma ficha de musculação que objetiva hipertrofia!

Converse com seu personal e detone nos seus treinos!

Deixe seu Comentário!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

Assine nossa newsletter e receba nossos artigos gratuitamente

GARANTIA: Seus dados estão seguros! Nunca enviaremos spam nem compartilharemos seus dados.

Você quer uma vida mais saudável?

NÓS TE AJUDAMOS!

EU QUERO!

Eu não quero...

Receba nossos artigos e dicas de saúde grátis!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER 

AGRADECEMOS POR ASSINAR!

JUNTOS POR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!