Dieta hiperproteica é imprescindível para ganhar músculos?

Dieta hiperproteica é imprescindível para ganhar músculos?

Atualizado em 24/outubro, 2018

Dieta hiperproteica é imprescindível para ganhar músculos?

Uma das crenças mais comuns que ocorrem nas salas de musculação é que uma alta ingestão de proteínas é imprescindível para o ganho de massa muscular. Mas até que ponto isto é verdade?

Entenda as proteínas

As proteínas são formadas por cadeias de aminoácidos, composto formado por átomos de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. O corpo humano necessita de um conjunto de 20 aminoácidos de dois grupos distintos para que possa sintetizar as proteínas que o compõe.

O primeiro grupo é formado pelos aminoácidos naturais, ou seja, que o corpo humano é capaz de sintetizar. O segundo grupo é composto pelos aminoácidos essenciais que, por não serem produzidos pelo corpo humano, precisam ser ingeridos de outras fontes.

Fontes de proteínas

Os alimentos de origem animal, principalmente carnes, leite e ovos possuem todos os aminoácidos essenciais que o corpo precisa.

Não há nenhum alimento de origem vegetal que possua todos os aminoácidos essenciais. A quantidade e a variedade de vegetais necessários para que o corpo tenha acesso a todos os aminoácidos essenciais deve ser maior.

A fibra muscular possui entre 20 e 30% de seu volume composto por proteínas. Da mesma forma, o processo de hipertrofia implica em um aumento do volume muscular provido, em boa parte, pelo aumento da quantidade de proteínas.

Juntando estas informações podemos concluir que uma maior ingestão de proteínas, independente se de origem animal ou vegetal é fundamental para o aumento da massa muscular! Isto é verdade, mas até um certo ponto!

Proteína: Quanta, Quando e Qual Fonte?

Estudos sobre as proteínas

Um estudo realizado por pesquisadores holandeses indicou que uma dieta hiperproteica aumenta a quantidade de aminoácidos circulantes imediatamente após a refeição, quando comparado a dietas hipoproteicas.

O resultado mais relevante deste estudo é que o aumento da quantidade de aminoácidos circulantes não implicou em aumento da síntese proteica! Desta forma, supõe-se que os mecanismos relacionados ao aumento da massa muscular depende de outros estímulos além da disponibilidade de aminoácidos!

Esta pesquisa corrobora com o que foi observado em outros estudos, que indicaram que mesmo atletas de alto nível, não necessitam ingerir mais que 30% de suas necessidades calóricas diárias em proteínas.

Mais importante do que se entupir de proteínas, é ter uma dieta equilibrada! Com isso além de economizar dinheiro com suplementação ou consumo exagerado de proteínas, você também estará protegendo os seus rins!

Esta proteção decorre do fato de que o metabolismo dos aminoácidos leva a liberação de bases nitrogenadas, que são eliminadas do corpo humano através do trabalho renal.

 Converse com o seu Nutricionista sobre as suas necessidades proteicas!

Deixe seu Comentário!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

Assine nossa newsletter e receba nossos artigos gratuitamente

GARANTIA: Seus dados estão seguros! Nunca enviaremos spam nem compartilharemos seus dados.

Você quer uma vida mais saudável?

NÓS TE AJUDAMOS!

EU QUERO!

Eu não quero...

Receba nossos artigos e dicas de saúde grátis!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER 

AGRADECEMOS POR ASSINAR!

JUNTOS POR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!