Suplementação de Proteínas, Carboidratos e Gorduras

Suplementação de Proteínas, Carboidratos e Gorduras

Suplementação de Proteínas, Carboidratos e Gorduras

Você já deve ter lido sobre suplementação de Proteínas. Mas você sabia que há situações em que pode ser recomendada a suplementação de Carboidratos? E de gordura então?

Sim! Estes casos existem! Neste artigo você vai descobrir quando estes suplementos são necessários.

Suplementação de Gorduras

Existem vários tipos de gorduras, uma delas é o ômega 3, que é um ácido graxo de cadeia longa presente em óleos de diversos peixes. Muitos estudos têm analisado o efeito da falta desta gordura, uma vez que o consumo de peixes pela população ocidental tem diminuído muito ao longo dos últimos 30 anos.

Hoje já é sabido que a suplementação de ômega 3 tem efeitos positivos sobre casos recorrentes de asma, alergias e doenças renais. Outra vantagem é que o ômega 3 ajuda na diminuição da concentração de triglicerídeos e colesterol de baixa densidade (LDL e VLDL) do sangue, tidos como potenciais causadores de doenças cardíacas.

Suplementação de Carboidratos

A suplementação de carboidratos é recomendada durante atividades de longa duração, desde que o atleta não tenha problemas com o metabolismo de carboidratos, como acontece com os diabéticos.

A recomendação é que a cada hora de treino, você ingira 0,6 g de carboidratos para cada kg de peso (se você pesa 60 kg, serão 36 g de carboidrato). Quanto ao tipo de carboidrato, o mais fácil de se achar no comércio é a maltodextrina, que pode estar em forma de gel ou pó.

Suplementação de Proteínas

A suplementação de proteínas é bastante comum entre os praticantes de musculação e, na maior parte das vezes, ela é auto prescrita ou trocada entre alunos sem nenhum conhecimento prévio sobre o assunto.

Pesquisas indicam que indivíduos não atletas precisam de 0,8 g de proteína por kg de peso diariamente (48 g para uma pessoa com 60 kg). Já os atletas de alto nível precisam entre 1,1 a 1,4 g de proteína por kg de peso por dia (máximo de 84 g para uma pessoa com 60 kg).

Qualquer valor acima disso será metabolizado por nosso corpo, aumentando as quantidades de ureia e creatinina que serão eliminadas, o que sobrecarrega os rins e aumenta a quantidade de gorduras armazenadas nos adipócitos (células especializadas no acumulo de gordura).

Por isso fique atento! Muita proteína pode engordar, assim como o excesso de qualquer outro nutriente!

A prescrição de suplementação deve partir dos profissionais que te acompanham! A suplementação pode trazer muitos benefícios, mas os riscos decorrentes da suplementação desnecessária ou em exagero podem causar diversos problemas.

Deixe seu Comentário!

GOSTOU?

Assine nossa Newsletter e fique ligado nas melhores materias sobre Fitness!

Temos mais!

Bons Treinos!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL!

Assine nossa newsletter e receba nossos artigos gratuitamente

GARANTIA: Seus dados estão seguros! Nunca enviaremos spam nem compartilharemos seus dados.