Como tratar a dor após os exercícios

Como tratar a dor após os exercícios

Como tratar a dor após os exercícios

O ideal de um exercício é que logo após a atividade você se sinta cansado e no dia seguinte você sinta um leve desconforto caso o músculo seja apertado. Qualquer coisa acima disto, quer dizer que você andou exagerando!

Mas se o exagero já ocorreu, o que fazer para melhorar a dor?

Por que sentimos dor após os exercícios?

O efeito agudo do exercício físico inclui microlesões musculares que auxiliam no processo de hipertrofia muscular. No entanto, o exagero faz com que estas microlesões ocorram numa intensidade maior que a capacidade de recuperação do nosso corpo!

O excesso de dor está diretamente relacionado a um processo inflamatório sob o qual o corpo não teve controle.

Tanto para a dor imediata após o exercício quanto para a dor tardia, que dure até no máximo três dias, o mais indicado é que você utilize a elevação e compressão do membro dolorido com compressas de gelo para aliviá-las.

Aplicação de gelo para a dor

O gelo irá promover uma diminuição do fluxo sanguíneo no local, diminuindo a dor e a elevação com compressão vai evitar o inchaço.

Por outro lado, o uso do gelo em excesso pode atrasar o processo de reparação. Desta forma, a aplicação deve ser por tempo suficiente para que a dor diminua, algo em torno de 10 a 15 minutos, sendo repetida com um intervalo de 20 minutos a duas horas, dependendo da intensidade da dor.

Seis horas após o evento, o uso do gelo já não é mais tão justificável, mas a elevação com compressão do membro afetado ainda é necessária por até três dias.

Caso a dor passe de três dias, é hora de você pensar em procurar um Ortopedista ou Fisioterapeuta, uma vez que pode ter sofrido uma lesão muscular de maior magnitude, que sai do conceito de microlesão.

Analgésicos e Anti-inflamatórios

O uso de analgésicos e anti-inflamatórios não é muito indicado se a dor for apenas decorrente de microlesões.

O primeiro por mascarar a dor, o que pode te fazer retornar à atividade física antes da plena recuperação de seus músculos, podendo vir a ter uma lesão bem maior.

O anti-inflamatório corta o processo de reparação muscular, podendo fazer com que a microlesão tenha um desfecho indesejado, com perda de tecido muscular e aumento da quantidade de tecido conjuntivo.

Compressa quente para a dor

A compressa quente não possui nenhuma comprovação científica de que funcione no evento agudo, seja ele de microlesões ou de distensões musculares de maior gravidade. Inclusive, seu uso pode até aumentar o inchaço e prejudicar a recuperação.

Sentiu dor após o exercício? Eleve o membro e coloque gelo no local. Se a dor não aliviar, procure um especialista!

Em nenhum caso se automedique e nem use compressa quente!

Deixe seu Comentário!