Grandes mulheres do esporte olímpico!

Grandes mulheres do esporte olímpico!

Grandes mulheres do esporte olímpico!

Neste mês de março, todas as homenagens devem ser prestadas às mulheres!

Tais homenagens são importantes para que seja reconhecida a luta delas, para que tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária.

A Fitness Magazine Brasil, apresenta neste artigo um breve histórico sobre a evolução do esporte feminino e algumas grandes mulheres do esporte, acompanhe!

História das mulheres nos jogos olímpicos

Os esportes femininos entraram no calendário olímpico na segunda edição dos jogos modernos, em Paris, no ano de 1900.

Mas esta participação se limitou ao Tênis e ao Golfe!

E assim foi, até que surgiu a Federação Esportiva Feminina Internacional, idealizada por Alice Milliat (França).

Esta Federação promoveu os Jogos Olímpicos Femininos em 1922, 1926 e 1930. O sucesso desta empreitada levou aos Jogos Mundiais Femininos em 1932 e ao reconhecimento, por parte do Comitê Olímpico Internacional (COI), das mulheres como atletas olímpicas em 1936.

Mesmo assim as mulheres só passaram a competir em todas as modalidades em 2012, quando puderam participar, também, das competições de Boxe!

Neste período, o mundo viu o surgimento de grandes atletas!

Mulheres com mais medalhas olímpicas da história

Larisa Latynina (ex-URSS) (Foto principal do artigo)

Esta ginasta foi a maior medalhista olímpica de todos os tempos até ser ultrapassada pelo americano Michael Phelps em 2012. Este verdadeiro fenômeno competiu nas Olimpíadas de 1956, 1960 e 1964 e ganhou 18 medalhas, sendo 9 de ouro.

Birgit Fisher (Alemanha)

Esta atleta da canoagem participou de 6 Olimpíadas entre 1980 e 2004 (apenas não competiu em 1984) e ganhou 12 medalhas sendo 8 de ouro.

Jenny Thompson (USA)

Esta nadadora também ganhou 12 medalhas, sendo 8 de ouro nas Olimpíadas de 1992 a 2004.

Nadia Comăneci (Romênia)

Talvez a mais famosa ginasta de todos os tempos, por ter sido a primeira a ser avaliada com uma nota 10 (desempenho perfeito) nas barras assimétricas nas Olimpíadas de Montreal em 1976. Foram ao todo 9 medalhas, sendo 5 de ouro nos jogos de 1976 e 1980.

Yelena Isinbayeva (Rússia)

Bicampeã olímpica do salto com vara, bateu o recorde mundial da modalidade 28 vezes e é detentora do atual recorde de 5,06 m (2009). Era para ter participado das Olimpíadas do Rio em 2016, mas, devido a punição aplicada a Equipe de Atletismo Russa ela acabou impedida, mesmo nunca tendo sido pega no antidoping.

Atletas olímpicas do Brasil

O Brasil teve sua primeira equipe olímpica em 1920, mas nossa primeira atleta olímpica foi Maria Lenk, nas Olimpíadas de Los Angeles em 1932.

Nesta época, as mulheres ainda não eram consideradas atletas olímpicas e a brasileira participou das exibições de natação, sem ganhar nenhuma medalha. Em 1940, Maria Lenk detinha vários recordes, mas devido à II Guerra Mundial, não houve Olimpíadas!

A primeira medalha olímpica em eventos femininos demorou, veio em 1996, quando as brasileiras se destacaram no esporte coletivo! Sandra e Jaqueline ficaram com o ouro no Vôlei de Praia, o Basquete foi prata e o vôlei de quadra foi bronze!

Em Atenas 2004 o Futebol Feminino ganhou sua primeira medalha, prata.

A primeira medalha em esportes individuais veio com Ketleyn Quadros com o bronze no Judô em Pequim 2008.

Nesta mesma Olímpiada veio o primeiro ouro individual, com Mauren Maggi no salto em distância.

Aliás, Pequim 2008 foi um ano pródigo para o esporte feminino, com as brasileiras sendo responsáveis por 6 das 15 medalhas, sendo duas de ouro!

Além do Atletismo e do Judô, as brasileiras também medalharam pela primeira vez nas competições de Taekwon-do (Natália Falavigna, bronze) e Vela (Fernanda Oliveira e Isabel Swan, bronze).

Em Londres 2012 a judoca Sarah Menezes ganhou a primeira medalha de ouro na modalidade. Adriana Araújo ganhou o bronze na estreia do Boxe Feminino Olímpico e Yane Marques nos apresentou o Pentatlo Moderno ao ganhar uma medalha de bronze!

Na Olímpiada realizada em nossa casa, Rio 2016, as mulheres novamente brilharam, com o ouro de Rafaela Silva (Judô) e Martine Grael e Kahena Kunze (Vela), a prata de Ágatha e Bárbara (Vôlei de Praia) e o bronze de Mayra Aguiar (Judô) e Poliana Okimoto (Maratona Aquática).

O esporte (e todas as outras áreas) é repleto de grandes mulheres!

Deixe seu Comentário!