Suar muito emagrece?

Suar muito emagrece?

Atualizado em 22/maio, 2019

Suar muito emagrece?

O suor é uma excreção do corpo humano que tem por objetivo dissipar o calor. No entanto, seu excesso é usualmente associado à perda de peso e ao emagrecimento! Mas será que isto realmente acontece? As informações que você vai ler agora podem te surpreender!

Para início de conversa, é importante que você entenda quais são os mecanismos do corpo humano para dissipar calor, vamos lá!

O Ser Humano, como todos os demais mamíferos, é homeotérmico ou seja, mantém uma temperatura corporal constante de 36,5oC, variando cerca de 0,5ºC para mais ou para menos de acordo com a hora do dia e o nível de metabolismo. Desta forma, qualquer excesso de calor deve ser dissipado, uma vez que ele pode causar desnaturação de proteínas e enzimas importantes para a manutenção das atividades metabólicas.

As formas usuais de perda de calor são condução, convecção e irradiação. A condução ocorre pela transferência de calor entre objetos sólidos. A convecção ocorre pela transferência de calor entre um objeto sólido e o ar ou água. A irradiação, por sua vez, ocorre pela emissão de energia eletromagnética por um corpo quente. Está complicado entender isto? Exemplificando, condução ocorre quando temos algo cozinhado, convecção é o que nos refresca quando ligamos um ventilador e irradiação é o que nos esquenta em um dia ensolarado.

Ok entendi! Mas por que suamos?

O suor é um mecanismo para potencializar a perda de calor! Quando o nosso corpo está muito quente ele libera água quente através do suor e a sua evaporação faz com que nossa temperatura interna diminua.

Repare que a perda de calor depende da evaporação do suor, então se você o secar com uma toalha você não vai perder calor e sua temperatura permanecerá elevada, podendo prejudicar sua saúde!

Os mecanismos ligados a sudorese (nome dado à produção e eliminação do suor) são muito complexos e dependem muito do nível de atividade física, da temperatura ambiente e da umidade relativa do ar (URA). Sobre esta última cabe uma observação importante: você já deve ter escutado que a baixa URA pode levar a problemas respiratórios. E pode mesmo! No entanto, quanto menor for a URA, mais fácil é para o suor evaporar e é por isto que em dias úmidos ficamos muito suados!

Agora você já sabe que o suor nada mais é que uma excreção, composta principalmente por água, embora também possua grande quantidade de sais minerais, que tem por objetivo diminuir a temperatura corporal.

Afinal de contas, o suor emagrece ou não?

Infelizmente gordura não faz parte do suor, então ele não leva a perda de massa gorda, que é o que caracteriza o emagrecimento.

Por outro lado, a sudorese elimina muita água, o que diminui o peso e causa um estado de desidratação. Esta desidratação, se não for compensada com reposição hídrica, acaba por causar a saída de água dos músculos, o que prejudica a hipertrofia.

Ou seja, suar não só não emagrece como pode levar até à perda de massa muscular! Por isso durante uma atividade física ou em um dia quente, faça bastante reposição de água para não desidratar!

Quanto maior for a sudorese, maior deve ser esta reposição e caso a atividade física perdure por mais de uma hora, também é importante fazer a reposição de sais minerais, caso você não tenha contraindicações para esta reposição, como acontece com hipertensos.

Então, durante a sua atividade física, use o suor como parâmetro de necessidade de água e não espere que vá emagrecer se envolvendo em sacos plásticos!

Deixe seu Comentário!